sábado, 12 de julho de 2014

ERA UMA VEZ GAZA...


Sobre os acontecidos em Gaza nestas ultimas semanas não tenho o que falar gostaria que todo o mundo falasse, sendo que para o mundo são 130 terroristas mortos, e não 130 cidadãos de uma Terra chamada Palestina. Não adianta mais orar, não adianta mais chorar, a única coisa que nos restas é pegar em armas sejam elas paus ou pedras, sabemos que o resultado desta guerra é a morte certa. Os que não morrem nesse massacre (isso não é uma guerra é uma massacre) os que não morrem nesse massacre, morreram num próximo, ou morreram sem saber que estão na Terra Prometida(que promessa é essa?), os que estão vivo estão mortos e não sabem. 
Famílias sem crianças, famílias sem casa, famílias pais, homens sem mulheres, Gaza sem suas rosas...
Não temos nada, eles tem tudo, na verdade eles se acham o ’’povo eleito’’, que escolha é essa que Deus fez...
Vamos morrer, mas vamos morrer tendo jogado pelo menos uma pedra em seu tanque, tendo acertado seu soldado, tendo causado pânico nos seus cidadãos.
Orar não adianta, chorar não adianta, lutar não adianta, a escolha é sua você escolhe como quer morrer, prefere ser bombardeado enquanto ora, chora ou lutas.
Enquanto as pessoas quiserem lavar o sangue derramado com mais sangue haverá guerra. Enquanto sua pronuncia Allah ou Jeová for mais importante que sua Fé haverá guerra. Enquanto a forma que você ora for mais importante que sua oração haverá guerra. Se permanecermos no olho por olho e dente por dente, desse jeito todos acabaremos banguelas e cegos.

9/7 - Homens carregam o corpo de um menino palestino morto no que, segundo fontes de um hospital, foi um ataque aéreo israelense à casa de sua família na Cidade de Gaza

8 comentários:

  1. os Israelenses são assassinos covardes que matam nossos irmãos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão é que para eles estão fazendo a coisa certa, assim como o que o Boko Haram faz na Nigéria matando os cristãos, agindo covardemente também. Somos todos covardes, enquanto não tivermos coragem de admitir que o erro esta em nós mesmos. Os sionistas são símios nojentos, e nós muçulmanos estamos morrendo e os sheiks e árabes com seus dinheiro o que fazem? por que não dão um jeito, paralisam a distribuição de petróleo para acabar com a guerra ou pelo menos para protestar? SE NÃO VERMOS DEUS EM TUDO CONTINUAREMOS A MATAR E A MORRER PELA RELIGIÃO

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. irmãos vamos apoiar o califado Islâmico. vamos ajudar os nossos irmãos que estão lutando na Siria é no Iraque Allahu Akbar...

    ResponderExcluir
  4. O pior de tudo é quando se contradizem com o afirmado no Alcorão 2:256: “Não existe compulsão na religião...” o que é apoiar um califado que implantará a Sharia senão compulsão? e todas essas mortes!?

    Eu sou aquele da questão sobre o Mawlid, me interesso e estudo muito sobre vocês, e a cada dia chego a conclusão que os islâmicos são uma contradição, principalmente em relação à questão 'religião da paz', um argumentum ad Baculum ambulante...

    Gustavo

    ResponderExcluir
  5. O que você acha desse artigo sobre o ISIS serem impostores: http://henrymakow.com/2014/08/ISIS-are-Sunni-Impostors%20.html

    ResponderExcluir
  6. Pense bem nisso: vc acha possível que Deus aprove terrorismos e assassinatos? Se Ala acha que os cristãos merecem ser castigados então por que ele mesmo não aplica o castigo ao invés de pedir que muçulmanos miseráveis façam isso por ele? Onde está o seu poder? Não seja burro, vc está sendo usado e não é por nada parecido com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso essa pergunta tenha sido feita para mim Luis eu acho que não. Claro que aquilo que chamamos de Deus não aprova terrorismo e assassinatos. Mas a questão é...os sionistas invadem uma terra alheia e dizem que é deles porque esta escritos no Livro Sagrado judaico de acordo com a interpretação deles. Então todas as mortes que eles cometem são em nome de Deus. Do mesmo fato que Bush e agora Obama, terminam com seus discurso Deus salve a América, então todos os assassinatos e golpes foram com satisfação e benevolência desse Deus. Isso desde que os colonos ingleses chegaram nas colônias americanas, já diziam que expulsar os índios de lá era um tarefa divina. Então a questão é que cada um serve ao Deus que melhor lhe apraz. Da forma que Deus mais agrada o ego. Espero que tenha entendido minha mensagem

      Excluir